Trocar a senha

Revolution Slider Error: Slider with alias not found.
Maybe you mean: 'video'
Busca Avançada
Seus resultados de pesquisa

8 COISAS QUE PODEM FAZER VOCÊ PERDER O VOO

Publicado em 14/06/2016 por Max Ferreira
Escrito por Amanda Antunes

Acho que esse é um dos maiores medos dos viajantes: perder o voo. Além de causar um prejuízo financeiro desnecessário, quando você já organizou todo o seu roteiro, perder o voo vai atrasar não só a sua chegada, mas o seu dia e a sua programação. E, isso vale para todos os tipos de viagem, seja a passeio ou a trabalho.

Além de atrasar todos os seus planos, você acaba muito tenso e nervoso com toda a situação e muitas vezes, o bom humor acaba indo embora junto com o vôo que você perdeu.  Então, para evitar toda essa confusão, que tal conferir a lista que eu preparei com as 8 coisas que podem fazer você perder o voo?

1. Contar com a pontualidade do táxi

O táxi é o meu principal motivo de estresse. Toda viagem que eu preciso de um táxi, as cooperativas atrasam ou um taxista do EasyTaxi diz estar há 5 min e acaba levando 10 para aparecer na minha porta. E, não adianta programar o taxi com antecedência, se você quer sair de casa 5:30 da manhã, programe do taxi para as 5 horas, só para ter certeza de que se o taxi cancelar você vai ter tempo de procurar outras opções sem atrasar o seu cronograma.

O ideal mesmo é ter um taxista de confiança que você saiba que vai estar ali para te levar para o aeroporto sem estresse.

Dica: Você que é do Rio de Janeiro deve fiquei beeem ligado nos horários das cooperativas. Elas estão cada vez pior e, particularmente, eu NÃO recomendo a CopaTaxi. Eles te deixam esperando sem dar um pingo de satisfação. #prontofalei #desabafo

2. Arrumar a mala no dia da viagem

Galera, não deixe para arrumar a mala na dia da sua viagem, ainda mais se você for viajar cedo e precisar madrugar para estar no aeroporto. As pessoas (inclusive eu) tem a mania de deixar para “fechar a mala” antes de sair de casa e acabam deixando mil coisas pelo caminho. Por exemplo, você já imaginou se o seu alarme não tocar? E, se na correria você esquecer a sua câmera ou seu carregador em casa? Já era! Ou você vai para o aeroporto ou volta em casa e perde o voo. Então, vamos focar na organização da mala com antecedência?

3. Não verificar o endereço do aeroporto

Sim! Isso acontece. Cidades que possuem mais de um aeroporto acabam gerando essa confusão. Na hora da pressa, você esquece de conferir o aeroporto na sua passagem ou confunde o aeroporto da volta porque ele é diferente do da sua chegada. Em cidades grandes como Buenos Aires, Rio de Janeiro, São Paulo, Paris isso é MUITO comum gente!

4. Deixar para fazer o check-in no aeroporto

O check-in online existe e deve ser usado! Quando você já está atrasado, chegar no aeroporto e ir direto para o despacho da bagagem ou para o embarque vai facilitar e muito a sua vida. Imagina ainda ter que depender daquelas maquininhas de auto check-in que vivem dando erro ou ficar naquelas filas bizarras? Fato que você vai perder o vôo.

5. Perder ou esquecer o passaporte/documento

Gente esse é um dos erros mais bobos e um dos que mais acontecem. Na correria de ir embora de casa ou do hotel ou, até mesmo, pela falta de atenção, muitas pessoas esquecem a única coisa que pode efetivamente proibir o seu embarque: o documento. Daí começa a correria, volta em casa, volta no hotel… e, na maioria das vezes, esse trajeto acaba sendo falta para o horário do voo.

Quando você está fora do país, a perda do documento é ainda mais grave. Sem o seu passaporte, a sua entrada e saída do país fica terminantemente proibida. Você pode ser até deportado e a única opção é entrar em contato com o consulado e gastar uma nota com um passaporte provisório para não acabar deportado.

Perder o passaporte entre um vôo e outro então, sim isso acontece, faz com que você fique preso, literalmente, no terminal. Igual aquele filme, sabe?

6. Não verificar a data de vencimento do seu passaporte ou documento

Outra coisa que você precisa ficar atento é a validade do seu documento. Por exemplo, para viajar para os países do Mercosul você precisa estar com a validade do seu documento em dia. Além disso, muitos países exigem uma validade mínima de 6 meses do seu passaporte como é o caso de países como os Estados Unidos. Sem essa validade, a sua entrada no país não é permitida. Isso aí! Então, bora pesquisar sobre as regras de visto do país antes da sua viagem, né?

7. Preencher os dados do passageiro com o do comprador

Se alguém está comprando a sua passagem, vamos ficar de olho no preenchimento dos dados galera. Se o comprador se empolgar e preencher os dados do passageiro com os dados dele JÁ ERA, dor de cabeça na certa. Pior ainda é você não perceber esse probleminha até o dia da viagem. A alteração de passageiro é tipo missão impossível, dá muita dor de cabeça e, certamente, você não vai conseguir resolver na hora do embarque.

8. Deixar para sair de casa em cima da hora

Muitas vezes, nós temos aquele típico pensamento: a.. vai dar tempo, essa hora não tem trânsito. Aí que você se engana, principalmente, quando você conhece o trânsito do lugar. Quando você não conhece, sempre rola aquele medinho, mas quando você conhece aí que rola aquela confiança excessiva achando que somos “donos do trânsito”. E se um acidente acontecer e ficar tudo parado? Já era!

Se você é um viajante experiente, provavelmente, você já ficou na corda da bamba ou acabou perdendo o vôo por um dos motivos a seguir. Deixe um comentário e conte para gente a sua história! Ela pode ajudar muitos outros viajantes.

Categoria: Viagens e Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.